Páginas

Pesquisar este blog

03 setembro 2008

Para todos aqueles...

Ame muitas coisas, porque em amar está a verdadeira força. Quem ama muito conquistará muito, e o que for feito com amor estará bem feito.
(Vincent Van Gogh)

Tudo que nos cerca pode ser uma grande ilusão, tudo pode ser uma farsa, o mundo pode conspirar contra contra a gente, mas se você estiver do meu lado e me olhar do jeito que só vocês me olhavam eu sei que tudo isso valeu a pena.
Eu sei que tudo isso é verdade por que vocês estam aqui. Vocês seguram a minha mão milhares de vezes e me deram forças para continuar mesmo quando eu não acredito mais.
Não sei por que vocês fizeram isso, mas mesmo assim gosto de ver vocês, e tento achar uma explicação. Explicação para o seu modo de olhar, para o sorriso que me deixa tonto, aquela sensação entorpecente quando ouço a sua voz dizendo que sou um tolo. Eu cometo os mesmos erros mas parece que vocês não ligam, apenas sorri e diz: Está tudo bem!
Porquê? Eu não entendo por que vocês estavam do meu lado, e acho que nunca vou entender. E se a explicação for simples, e se resume em uma simples frase eu gostaria de ouvir. De certa forma eu tenho medo dessa frase, sou inseguro por natureza, e vejo em vocês algo que nunca vi em nenhuma pessoa... um força e coragem incrível e ao mesmo tempo especial em cada pessoa.

Aprendi muitas coisas com vocês. Desde que conheci vocês começei a ser menos eu, e começei a ser mais como vocês. Não acreditaria se dissesse que até as suas manias eu roubei para mim. O fato de que vocês não estarem aqui não significa nada, além do mais eu tenho todo o arquivo ao fechar dos olhos, e isso me conforta. Não estou triste estou apenas dizendo que um dia a gente vai se ver, ou pelo menos eu gostaria, e digo isso sempre para mim. Digo que não vou perder tudo isso que conquistei sendo eu mesmo, e mesmo que a gente não se veja mais, tem muita coisa que lembra a gente, e eu guardo por que não existe nada mais precioso para mim como as minhas lembranças.

Sorrisos paralisados no tempo, pessoas saltitantes todos, Vocês... sim todos Vocês ... Todos os meus amigos que eu não vejo a tempo, todas a namoradas que passaram na minha vida, todas as pessoas que o tempo levou sem me consultar. Sou um pouco de todos vocês, e espero que não esquecam o tempo que a gente passou junto por que eu nunca vou esquecer. O tempo pode ter sido cruel comigo, mas ele é cruel com todos nós ... o tempo pode ter passado, mas ele nos pertence, como cada momento que a gente passou juntos.


Nunca esquecerei o tempo que passei contigo. Te peço que sigas sendo meu amigo, da mesma maneira que eu sempre serei o teu.
(Ludwig Van Beethoven)

2 comentários:

Luh_Rune disse...

Muito bom o post!!! meio triste mas boas palavras! ^__^


bju

estela rosa disse...

gostei... fiquei super confusa com os vocês e as coisas em singular, mas no fim gostei muito. tira o itálico dos vocês, vai ficar tão mais bonito esse singular-plural. pois bem, só uma coisa visual...

só agora que vi seu comentário no blog, que bom que gostou do texto!

beijos!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...